Tour Gastronómico em Trás-os-Montes com Fernando Melo

TOUR GASTRONÓMICO COM FERNANDO MELO

Viagem de 19 a 21 de Novembro 2021

Entre a cozinha tradicional de Portugal, uma das que mais se distingue é seguramente a de Trás-os-Montes.

De facto, a comida é testemunho da história de um povo e, por isso, merece ser experimentada, apreciada e lembrada!

Pronto para uma viagem gastronómica?

Em busca dos melhores pratos da gastronomia portuguesa, viajamos até à região transmontana com o crítico gastronómico Fernando Melo, para apreciar o que de melhor esta terra tem para oferecer, o presunto, o salpicão, a alheira, a feijoada à transmontana, a posta mirandesa e o cabrito assado são todos pratos típicos desta região e que deixam água na boca.

Refeições temáticas e provas comentadas por especialistas.

A deslocação será feita no nosso “O-Bus”, um novo serviço que alia o transporte ao entretenimento de forma a que o tempo seja aproveitado da forma mais eficiente, uma solução única de transporte para personalização do serviço de entretenimento (escolha de música preferida, possibilidade de fazer um discurso a bordo e partilha de vídeos).

Informação adicional

Início a 19 Novembro, 2021
Fim a 21 Novembro, 2021
Duração 3 Dias / 2 Noites
Pessoas 14
Disponível 10
Preço desde 845.EUR p.pessoa
Localização Trás-os-Montes, Portugal

Itinerário da Viagem

1º. DIA | 19 de Novembro 2021 (Sexta-feira)
Lisboa / Bragança

Comparência nos nossos escritórios e saída com destino a Bragança, a bordo do “O-Bus” (um moderno e inovador autocarro de turismo e que permite o respeito das normas vigentes relativas ao distanciamento social).

Acompanhamento durante todo o fim-de-semana pelo nosso Mentor o crítico gastronómico Fernando Melo e pelo nosso guia de turismo.

Durante o trajecto será feito um pequeno briefing, onde as atividades programadas para cada dia serão abordadas e onde será transmitida outra informação importante.

Chegada a Bragança e alojamento na Pousada de Bragança.

À noite terá uma experiência gastronómica no Restaurante O Abel localizado na aldeia de Gimonde (Bragança ) e rodeado pelas belas paisagens do Parque Natural de Montesinho, o restaurante "O Abel" é uma casa de ambiente familiar onde pode deliciar-se com as melhores carnes transmontanas, grelhadas na brasa.

2º . DIA | 20 de Novembro 2021 (Sábado)
Bragança

Durante a manhã e na companhia da Associação Micológica A Pantorra, vamos penetrar no bosque, respirar os aromas do outono/inverno e sentir o cheiro a terra húmida.  Teremos uma aula intimista sobre a apanha dos melhores cogumelos, míscaros, sanchas e, enfim, boletus. Com tantas variedades disponíveis, algumas altamente tóxicas, todo o cuidado é pouco.

Neste passeio micológico, vamos aprender com quem sabe, conhecer as histórias envoltas em sabedoria e mistérios.

Para o almoço o Chef Luis Portugal traz-nos os marcantes e genuínos sabores transmontanos numa experiência excepcional, no seu restaurante A Tasca do Zé Tuga.

De tarde será efectuado um passeio pela zona histórica de Bragança, com  visita às principais atrações da zona histórica.

A terminar a tarde teremos um momento único na Oficina da Castanha, um  espaço especializado neste produto e seus derivados. Vamos aprender muito sobre este versátil e saboroso produto transmontano, degustando algumas especialidades.

À noite irá participar numa Experiência Gastronómica com o Chef Óscar Gonçalves no Restaurante G Pousada. O restaurante foi uma das grandes novidades na edição 2019 do Guia Michelin, ganhou uma estrela, a primeira da região de Trás-os-Montes, e entra assim para a constelação onde estão outros 20 espaços nacionais.

3º. Dia | 20 de Novembro 2021 (Sábado)
Bragança / Lisboa

Hoje visitaremos a Quinta do Romeo, uma quinta familiar de solo xistoso, onde crescem Cobrançosa, Verdeal Trasmontana e Madural, azeitonas autóquenes da região e uma grande variedade de uvas brancas e tintas típicas.

Toda a produção acompanha os ciclos da Natureza o resultado só podia ser o sumo mais puro de azeitona e vinhos muito expressivos do seu terroir.

A agricultura que se pratica na Quinta é biológica certificada.

Para o almoço teremos uma degustação da mais tradicional boa cozinha transmontana, entender o prazer da mesa numa típica casa transmontana, esse é o charme de quem visita a Maria Rita na Quinta do Romeo.

Assim, além de saber mais sobre o restaurante, o vinho e o azeite, pode ficar a conhecer a Loja do Romeu, um espaço que possui produtos imperdíveis que dão um ótimo presente, como compotas e marmelada (entre outros).

Após o almoço, regresso a Lisboa, a bordo do “O-Bus”, com possibilidade de continuar a interagir com o nosso mentor, mais uma oportunidade para tirar dúvidas, pedir dicas e quem sabe…, dar ideias para novas visitas gastronómicas.

Chegada a Lisboa e fim da nossa viagem.

FERNADO MELO - Biografia

Licenciado em Engenharia Física Tecnológica pelo Instituto Superior Técnico (1988) e crítico de vinhos e comida desde 1995.

É colaborador permanente da revista Vinho Grandes Escolhas (mensal), da revista Evasões (semanal) e dos diários Jornal de Notícias e Diário de Notícias.

Participa regularmente em júris nacionais e internacionais de concursos de vinhos. É co-autor do Guia Restaurantes de Portugal e dedica grande parte do seu tempo à formação graduada e pós-graduada em escolas superiores nacionais, nas áreas de enogastronomia, restauração, história da alimentação e produtos regionais.

TRÁS-OS-MONTES

Uma das regiões mais genuínas de Portugal…

Trás-os-Montes, o Reino Maravilhoso de Miguel Torga. É aqui, no norte de Portugal, que encontramos alguns dos recantos mais genuínos do nosso país.

Cidades históricas como Bragança com o seu magnifico castelo, aldeias preservadas que parecem paradas no tempo, como Rio de Onor, tradições milenares como os Caretos, uma biodiversidade tão rica como o Parque Natural de Montesinho.

Aliado a tudo isto… uma impar riqueza gastronómica e um povo genuíno.

PATRIMÓNIO COM HISTÓRIA

Bragança conserva um património ímpar num centro histórico compacto e bem conservado, que facilmente se percorre a pé. As pedras gastas são testemunhas de uma História atribulada, que remonta à Idade do Bronze, conta com a presença de romanos, suevos e visigodos, prosseguindo combates que ajudaram a estabelecer as linhas de fronteira e a importância estratégica do burgo.

A Torre de Menagem, quatrocentista, destaca-se num dos mais harmoniosos e bem preservados castelos do país, que abriga um conjunto monumental digno de nota pela sua originalidade. É o caso da enigmática Domus Municipalis, edifício que remonta ao sec. XIII e se acredita ter acumulado as funções de cisterna com a de local de reunião dos “homens bons” do concelho. A seu lado, ergue-se a elegante Igreja de Santa Maria, cuja frontaria barroca, de tipo retabular, traduz no granito a talha dourada dos altares. Formando uma união singular entre épocas bem distintas, o pelourinho medieval está incrustado num berrão, estátua zoomórfica com origem em povos castrejos da proto-história.

Para lá das muralhas, as ruas empedradas guiam o viajante por um rosário de templos, em que se destacam o Convento de S. Francisco, as igrejas de S. Vicente e da Misericórdia, e a Sé, com um claustro renascentista e sacristia merecedores de visita atenta. O mesmo percurso está recheado de magníficos solares, edificados entre os séculos XVI e XVII, que hoje albergam instituições públicas.

Mas os tesouros monumentais não se limitam ao coração da cidade. Nas redondezas encontram-se joias como o Mosteiro de Castro de Avelãs, cuja cabeceira de planta circular revestida a tijolo é exemplar único em Portugal do estilo românico-mudéjar, ou a majestosa Basílica de Santo Cristo do Outeiro, único exemplar no país situado numa aldeia, com um esplêndido interior em talha barroca e assinalável pintura sacra.

Igualmente importante é o património cultural preservado nas aldeias do concelho, onde perduram tradições ancestrais, numa ruralidade tranquila feita de hábitos comunitários. É assim em Rio de Onor, aldeia fronteiriça e com fortes raízes comunitárias, Montesinho, aldeia aprazível de casas de pedra e telhados de xisto e, como é tradicional em Trás-os-Montes, onde há sempre a porta aberta de um sorriso para o receber.

SABORES ÚNICOS

Sob a forma de pratos simples e bem guarnecidos, elaborados com produtos de elevada qualidade e de carnes certificadas da região, com sabores e aromas que parecem exalar das paisagens de onde provêm. A confeção simples e cuidada é orientada por mãos sábias que conhecem bem a origem dos ingredientes, muitas vezes trazidos diretamente da horta para a cozinha.

A suculenta e deliciosa posta de vitela mirandesa, com origem no gado (Vitela Mirandesa) que pasta solto em lameiros verdejantes, não precisa mais do que uma pitada de sal de tempero e brasas, no ponto certo, para ser servida.

Do cordeiro bragançano e do cabrito de Montesinho, retira os mais genuínos e intensos sabores, só possíveis porque os rebanhos apascentam livres em prados naturais. Os pratos de caça, tradicionalmente confecionados ao lume em potes de ferro, proporcionam aromáticos estufados e opulentos arrozes que trazem à memória a casa dos avós.

Também o porco bísaro, raça autóctone portuguesa oriunda da região de Trás-os-Montes, nos fornece uma carne de sabor agradável e é desta raça a origem dos melhores presuntos.

Na mesa transmontana nunca falta o fumeiro, produzido por mãos sábias e curado em lareira tradicional. Falamos das alheiras, chouriças, salpicões, presuntos, chouriços de mel e, também, o típico butelo que, acompanhado por casulas (cascas de feijão secas), é protagonista do Festival do Butelo e das Casulas e Carnaval dos Caretos.

No outono, dos bosques húmidos e dos extensos soutos de Bragança, chegam os cogumelos e as castanhas, que marcam presença quer nas ementas tradicionais, quer nas ementas mais inovadoras, entradas, pratos principais e sobremesas.

POUSADA DE BRAGANÇA

A pousada de Bragança representa um empreendimento único na região, projetado pelo arquiteto José Carlos Loureiro, nos finais dos anos 50, numa simbiose com a natureza e com a paisagem urbana, “abrindo-se nos seus espaços mais importantes à esplendorosa paisagem do Castelo e sua envolvente”.

São 28 quartos, um dos quais em suite, possuem varanda com vista para o Castelo de Bragança, Centro Histórico e planalto transmontano. Amplos e modernos, estão equipados com ar condicionado e aquecimento central, casa de banho privada completa, TV LCD e wi-fi gratuito.

Usufrua de momentos de descontração na magnífica piscina e jardins, e nas épocas invernais sugerimos o apreciar de um bom vinho da região no acolhimento e conforto da sala climatizada com lareira.

A região transmontana, terra de gentes acolhedoras, proporciona diversas actividades a nível cultural, paisagístico e de lazer. Visite o castelo de Bragança, museus, igrejas, teatro e também as paisagens naturais deslumbrantes como as do parque Natural de  Montesinho.

O comércio tradicional está também bem patente na cidade, com pequenas lojas com uma identidade própria e um atendimento nostalgicamente acolhedor e personalizado, deixando transparecer aos visitantes as vivências do dia a dia dos brigantinos.

Bragança é uma cidade com um ritmo descontraído, meses de sol sem fim, excelente gastronomia e com o projeto cultural vincado por tradições  seculares.

PROTOCOLO DE SAÚDE E SEGURANÇA EM TEMPO DE COVID-19
INFORMAÇÃO
PROTOCOLO DE SAÚDE E SEGURANÇA EM TEMPO DE COVID-19

Durante o surto de pneumonia pelo novo Coronavírus – COVID-19, foram tomadas as medidas de saúde pública necessárias para proteção de toda a população. A análise da evolução do surto é constante e a implementação de novas medidas será feita sempre que se justifique.

Recomendamos que verifique as informações publicadas no MNE, antes de confirmar a sua reserva.

Para oferecer a máxima garantia de saúde, segurança e bem-estar dos nossos clientes, todos os Hotéis & Resorts propostos pela OSIRIS Travel possuem Certificados/Protocolos necessários, indicados pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Inclui

  • Deslocações em autocarro de turismo “O-Bus” (https://www.o-bus.pt/pt);
  • Acompanhamento pelo Mentor/Critico Gastronómico Fernando Melo;
  • Acompanhamento com guia de turismo;
  • 2 noites de alojamento na Pousada De Bragança (5*) ou similar, com pequeno almoço incluído;
  • Regime de Pensão Completa (Menus de Degustação) com bebidas incluídas de acordo com o itinerário;
  • Passeio micológico, com a Associação A Pantorra;
  • Visita guiada ao centro histórico de Bragança;
  • Atelier sobre a Castanha e seus derivados;
  • Visita à Quinta do Romeo:
  • Seguro de viagem;
  • Taxas de turismo, de serviço e IVA.

Não Inclui

  • Despesas de carácter pessoal;
  • Bebidas ás refeições que não estejam incluídas nos menus;
  • Gratificações;
  • Outros serviços não mencionados.

Notas Importantes:

  • Programa sujeito a alterações sem aviso prévio:
  • Viagem realizada com um mínimo de 14 participantes.
  • A Osiris Travel e os seus parceiros cumprem todas as orientações das autoridades de saúde e implementam todas as medidas de higiene e segurança, garantido o compromisso e respeito pela saúde e segurança dos seus clientes no contexto da pandemia Covid-19.

Outros pacotes turísticos disponíveis para si

Loading logo